Aventura Amazônica; Saiba como mergulhar com o boto-cor-de-rosa em Manaus

0
107
Em Manaus há passeios para ver, nadar e alimentar os botos - tudo depende da coragem dos visitantes.

O Rio Negro oferece inúmeros passeios exóticos que encantam turistas e moradores locais em busca de roteiros diferenciados para vivenciar a Amazônia na pele. Um dos passeios de barco mais procurados no Rio Negro e de fato uma das atrações mais famosas de Manaus é a visitação ao boto-cor-de-rosa.

Como a maioria desses passeios envolve o mergulho no rio junto aos animais em seu ambiente natural, há uma série de regras para que não haja interferência na preservação da espécie (ex: a proibição do uso de protetor solar ou bronzeador). Por esse motivo e para a segurança de todos, o recomendado é sempre fazer essas visitas com o acompanhamento de agências de turismo sérias e responsáveis, como a ED Transporte E Turismo.

Confira como funciona o mergulho com os botos, em Manaus!

O boto cor-de-rosa é uma espécie de golfinho que vive apenas em águas doces e é um dos animais mais famosos da Amazônia / Foto: ED Transporte e Turismo

Primeiramente, você vai precisar se hospedar em algum hotel ou local de sua preferência na cidade. A nossa indicação é que você busque por um hotel próximo ao Centro Histórico de Manaus, pois dessa forma você também pode aproveitar algumas visitações ao Largo de São Sebastião e ao Teatro Amazonas, um dos mais famosos cartões-postais da capital. Durante a escolha da hospedagem, busque por hotéis que tenham parceria com agências de turismo, para facilitar o processo de contratação dos pacotes.

Se o seu hotel não possui parcerias, basta você pesquisar na internet uma das várias agências em Manaus que possuem experiência e compromisso ético com o meio ambiente e ecossistema amazônico.

Depois disso, consulte por telefone ou e-mail os valores e detalhes do passeio. Se você pretende viajar com um grupo de pessoas, provavelmente a agência precisará encaixar o seu grupo em alguma data específica para o passeio. O mesmo vale para uma viagem solo. Se você estiver sozinho, a agência irá encaixá-lo.

Geralmente o passeio começa com uma viagem de barco, com duração em média de 30 minutos, saindo de um píer ou marina em Manaus. Depois disso, a agência de turismo leva os visitantes até um flutuante autorizado a realizar essa atividade turística com os botos e a aventura começa. Nesses pacotes há diversas opções de visitações com tours mais privativos, regulares e atendimentos personalizados.

No passeio o turista vive uma interação única com animais enquanto aproveita a paisagem incrível do Rio Negro / Foto: ED Transporte e Turismo

Chegando no flutuante, alguns turistas preferem apenas observar os botos de longe, enquanto outros literalmente caem de cabeça na água do rio se aventurando em um mergulho junto aos animais. Quem entra na água pode ver os botos nadando ao redor em busca de peixes e outros petiscos que os responsáveis pelo passeio oferecem a eles. Como os animais já estão acostumados com a presença humana o perigo é mínimo, mas o uso de coletes salva-vida continua sendo é obrigatório.

Para quem não sabe, os botos são animais bastante inteligentes e curiosos. Por esse motivo, é normal e esperado que eles nadem perto dos turistas, mas se os visitantes começam a se agitar demais ou fazem barulhos muito altos na água, os botos se espantam e preferem ficar mais distantes.

Os botos podem chegar até 3m de comprimento e pesar mais de 160 kg/ Foto: ED Transporte e Turismo

Esses passeios para conhecer os botos de perto possibilitam uma intensa imersão no meio da maior floresta tropical do mundo e são recomendados para toda a família, incluindo turistas e moradores da cidade de Manaus. E como é obrigatório o uso de coletes, até mesmo crianças menores podem participar. Vale a pena o investimento!