2 dias em Novo Airão: visita aos botos e muito mais

0
4165

Novo Airão está sendo rotulada por muitos turismólogos como a futura Búzios do Amazonas. De fato, o município de pouco menos de 10 mil habitantes está em franco crescimento e tem no turismo a sua principal atividade. Fruto de um trabalho do ICMBio, os habitantes locais recebem treinamento para a prática de um turismo sustentável. Algo que seja bom para a economia e também para a Amazônia.

Quem disse que na Amazônia não tem praia?

Novo Airão é a porta de entrada para o Parque Nacional de Anavilhanas. O Parque apresenta mais de 400 ilhas em seu conjunto. Durante os meses de setembro a fevereiro, quando o Rio está em sua vazante, é possível desfrutar de praias incríveis como a Praia do Meio, da Orla, Aracari, Bararoá, Camaleão, Tiririca e muito mais. A Praia da Orla é acessível pela cidade. Todas as demais praias são alcançadas por meio de barco. Um passeio que realmente vale a pena. Porém, durante as cheias do Rio, o turismo não morre na região. O período das águas altas proporciona o passeio de barco no meio dos igapós. Certamente uma experiência muito interessante para o turista.

Vista da Praia da Orla / Foto tirada em Agosto, quando o rio ainda está descento. Foto: Mateus Esteves Ribeiro

Talvez a atração mais conhecida e mais interessante de Novo Airão seja a observação do Boto Cor de Rosa. E podemos afirmar com toda a certeza que este é um dos pontos altos da cidade. Com a estabilização da pandemia no estado do Amazonas, a visita aos botos já foi liberada. Porém, agora é permitida apenas a observação. O Flutuante dos Botos é o lugar mais indicado para a atividade. Ele é autorizado pelos órgãos ambientais. Alguns botos que vêm ao flutuante para serem alimentados, já estão por aqui há mais de 15 anos.

Chico, o Boto cor de Rosa do Flutuante dos Botos foi o primeiro a dar o ar de sua graça. Foto: Mateus Esteves Ribeiro

Uma alternativa para quem não gosta de andar de barco e também prefere fugir das praias da cidade, é o Igarapé do Mato Grosso. Localizado no km23 da estrada AM-352.

Igarapé do Mato Grosso. Foto: Mateus Esteves Ribeiro

Vamos falar de comida?

Novo Airão já possui boas opções de restaurantes. A maioria dos restaurantes abre a partir de quinta-feira até domingo, os picos do turismo na cidade. Um dos destaques é o Flutuante Flor do Luar servindo uma comida amazônica com um toque gourmet. Uma outra opção bem confortável e gostosa é o restaurante Sabor do Sul, servindo peixes e carnes em preparações bem gostosas.

Como chegar em Novo Airão?

Novo Airão é acessível através de barco de linha, que sai de Manaus dia sim, dia não. A viagem custa R$35, por pessoa e você deve levar sua rede. A viagem de barco dura uma noite. Uma outra forma de chegar à cidade é de estrada. O município fica a cerca de 180km de Manaus e é acessível através da estrada AM-070, e antes de chegar a Manacapuru, fazendo o desvio pela AM-352. A viagem de carro dura cerca de 2h50min. É preciso muita atenção na estrada AM-070 pois ela passa no momento por obras de duplicação.

Onde ficar?

A cidade possui opções hoteleiras para todos os bolsos. De opções super luxuosas como o Mirante do Gavião, Juma Jungle Lodge e o Anavilhanas Jungle Lodge e também opções de pousadas super tranquilas. O AirBnb também já possui algumas opções bem interessantes de hospedagem dentro da cidade.